buscar

O que é o milho safrinha?

Muitos que estão investindo em cultivos de milhos safrinhas ainda possuem muitas dúvidas sobre esse plantio e também sobre a diferença entre “safra” e “safrinha”. Isso será explicado ao longo da matéria, mas antes temos que entender o que eles são.

Rural
2 meses atrás
O que é o milho safrinha?

O milho safrinha tem esse nome porque ele tem sua definição em “sequeiro”, ou seja, ele acaba sendo cultivado após o período de safra, que geralmente dura em torno de 5 meses, sendo o início em dezembro e o término em abril.

Pode-se dizer que a mais ou menos 25 anos atrás ainda não existia a safrinha, e atualmente, com todos os seus cultivos e produções, ela foi crescendo e se expandindo para outras regiões também, isso acabou a tornando muito importante para diversos ciclos de produção.

Qual a diferença de Safra e Safrinha?

O milho safrinha tem esse nome porque ele tem sua definição em “sequeiro”, ou seja, ele acaba sendo cultivado após o período de safra
O milho safrinha tem esse nome porque ele tem sua definição em “sequeiro”, ou seja, ele acaba sendo cultivado após o período de safra

Essas duas palavras basicamente em conjunto são destinadas a um tipo de plantio de culturas diferentes, ou uma época agrícola específica do ano. A safra acontece geralmente quando as chuvas estão presentes, além do clima, solo, luz e todo aspecto de umidade estão em condições para receber tal produto para o cultivo. Sabe quando você fala “ah tal mês está na época de dar milho”? Então, essa frase pode estar direcionada a Safra.

A safrinha acaba sendo em um período pós-safra, porém nesses espaço as condições climáticas e todos os fatores que citamos acima acaba se alterando, coisa que talvez não seja tão boa para alguns cultivos de outros tipos de culturas e produtos.

Entretanto, com alguns estudos, podemos dizer que a safrinha está se tornando um 2º tipo de “safra”, já que ela fica entre os dois períodos de cultivo. Isso se dá pelo tamanho da produtividade e da área que ela está retornando.

O milho safrinha é plantado em qualquer lugar?

Não! Existem algumas áreas específicas para o plantio, pois a safrinha se estendeu com a sua produtividade. Os locais de maiores cultivos são no Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. Pode-se dizer que ela obteve uma capacidade de extensão a aproximadamente 10,3% em 2016 comparado ao ano anterior, segundo a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

Geralmente as sementes do milho safrinha já acabam sendo plantadas quando o período de colheita da safra está sendo realizada. Esse cultivo mínimo acaba impactando positivamente para a velocidade de produção da safrinha.

Esse cultivo da safrinha começou nos anos 80 no Paraná, devido as suas condições climáticas e naturais serem desfavoráveis, ela era considerada um cultivo de risco ou cheio de incertezas. Porém, com o tempo, foram visto que seguindo algumas estratégias, ela pode trazer uma grande produtividade.

Qual semente escolher?

Antigamente, era recomendado híbridos superprecoces, porém tudo vai depender do seu planejamento de ciclo agrícola e da região em que a semente será cultivada, desse aspecto, ele ainda é recomendado em casos de regiões que possuem alguns riscos de geada no final do seu ciclo.

Antigamente, era recomendado híbridos superprecoces, porém tudo vai depender do seu planejamento de ciclo agrícola e da região em que a semente será cultivada
Antigamente, era recomendado híbridos superprecoces, porém tudo vai depender do seu planejamento de ciclo agrícola e da região em que a semente será cultivada

Não há muita diferença no cultivo de milho com safra normal ou com a safrinha, mas, lembre-se do que conversamos ali acima, pois de acordo com alguns estudos e informações, a safrinha pode trazer grande produtividade quando já está ocorrendo algum cultivo mínimo.

Então você também pode optar por cultivas algumas sementes variáveis e planta de soja, pois assim que acabar esse ciclo e você fizer a semeadura do milho safrinha um pouco mais cedo, todo o potencial produtivo acaba sendo aproveitado, trazendo ótimos resultados.

Uma outra coisa importante é, escolher alguns híbridos que tenham resistência as doenças da região, e sempre variar os ciclos, assim não sobrecarrega alguns maquinários ou sistema agrícola. Outros fatores importantes também a serem levados em consideração é: Tenha uma estabilidade produtiva, procure por um empalhamento bom e por um loca de baixo índice de grão ardido, se atente ao híbrido com altas tolerâncias as condições que aquela região está oferecendo, inclusive doenças.

Os fungicidas acabam sendo um vilão nesses aspectos, então a escolha da semente mais apropriada àquele local, é essencial para obter grandes resultados.

Portanto, com todo esse planejamento de condições, é possível escolher o híbrido que mais se adeque com aqueles ciclos que você quer trabalhar, então não existe uma receita de bolo, mas sim conhecimento das sementes, período, ciclos e local para que a mesma traga uma alta produtividade.

Faça um bom manejo de solo

O solo para o cultivo de milho safrinha deve ser muito bem estudado, por isso, falamos acima de que o cultivos de alguns grãos de soja e a semeadura precoce da safrinha podem compactuar para um grande leque de produtividades.

Isso se dá por todo aproveitamento que aquele ciclo de cultivo terá, pois isso acontecerá de forma mais rápida, reduzirá o número de grandes operações agrícolas, além disso, é aproveitado o período de chuvas e infiltração de água ao restante desse ciclo.

Resumindo, todo o manejo de solo deve ser pensado sempre nesse balanço hídrico, então fazer um bom planejamento para que as chuvas possam ainda infiltrar naquele ciclo, e isso se volta para o que nós falamos: A antecipação da semeadura do milho safrinha é o mais ideal para trazer bons resultados.

Planejamento

Planejamento é uma coisa muito importante e que precisa sempre ser feita. Primeiro de tudo é pensar em quando plantar, então como falamos aqui várias vezes, a semeadura precoce é o que vai mandar nesse plantio, a partir de cultivos mínimos, pois assim você aproveita todas as condições climáticas que lhe são concedidas ainda.

O preço do milho é um outro ponto que irá interferir, então você deverá prestar atenção em sua demanda, se o valor estiver muito baixo, talvez será mais viável investir em grãos mais produtivos e isso acaba levando um pouco mais de tempo.

Outros aspectos também são muito importante, como as demandas de oferta, preços, investimentos, proteção ao solo, clima, região, ciclos, e toda a questão “adaptável” da semente de acordo com o local que ela será plantada. Portanto um bom planejamento desde o início, te trará uma grande produtividade final.

*Com informações da EMBRAPA.

A história e a receita do bolo de milho
Como falamos acima, suas variedades mais adquiridas no mercado são os 5 tipos, dentado, verde, doce, mole, duro e de pipoca. Os mesmo ainda assim variam suas características,...
Conheça os tipos de milho para pipoca
Por último, temos o mais conhecido por nós, o milho verde ou doce, que geralmente é encontrado naquelas barraquinhas de praia. Esse tipo é um dos mais produzidos no Brasil,...
Tudo sobre o milho e suas riquezas
Ele é consumido por nós e também pelos animais, assim, consegue suprir uma grande demanda nutricional, mas não para por aí! O milho além de servir como um alimento rico pra...
Variedades de milho no Brasil
Alguns grãos possuem características diferentes por terem diversos tipos de produção. Portanto pode-se perceber que os cultivos de grãos na cor laranja é a de maior...
Como a quinoa pode ajudar a combater a fome e a desnutrição
Quando falamos sobre a fome crônica, podemos observar que a desnutrição acaba se tornando uma consequência desse âmbito, uma vez que, se o indivíduo não se alimenta a ponto...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...