buscar
´

Como a quinoa pode ajudar a combater a fome e a desnutrição

Sabemos que um dos maiores problema que o mundo enfrenta ainda hoje é a fome e consequentemente a desnutrição. Muitas pessoas acabam passando por isso pois não tem condições de vida, saneamento e alimentação no lugar em que vive.

Rural
5 meses atrás
Como a quinoa pode ajudar a combater a fome e a desnutrição

A fome é um tópico ainda muito falado mas com poucas resoluções. Diversos grupos de voluntários e médicos de família se propõe a comparecer nesses países e ajudar em quesitos de saúde e alimentação, mas quando se trata de demanda e oferta, ainda existe uma grande diferença.

Quando falamos sobre a fome crônica, podemos observar que a desnutrição acaba se tornando uma consequência desse âmbito, uma vez que, se o indivíduo não se alimenta a ponto de nutrir todas as demandas do tecido de seu corpo, ou seja, os nutrientes suficientes que eles precisam para continuar funcionando, a desnutrição acaba ficando cada vez mais severa, se tornando uma deficiência energética.

O que é a desnutrição?

Podemos chamar também de deficiência nutricional, pois existem vários estágios da mesma. Ela pode ser definida como um estágio patológico que tem como a principal causa, a insuficiência de nutrientes que o nosso corpo precisa para ter um estado de funcionamento normal.

Algumas causas de nutrição, citando a mais comum é a fome, outros fatores que influenciam é uma dieta pobre em nutrientes, alguns problemas relacionados a digestão e outras doenças relacionados a esse trato.

É possível diagnosticar a nutrição mais precocemente em crianças, já que alguns sistemas do corpo que precisam se desenvolver acabam tendo um retardo de leve, moderado a grave nas mesmas.

Os componentes da Quinoa

Originária das alturas dos Andes e conservada por quechuas e aymarás, com suas 3.120 variedades. Após a invasão espanhola, os alimentos autóctones, como a quinoa, o amaranto e a maca, caíram paulatinamente em desuso e foram substituídos pelos grãos consumidos na Europa, como o trigo e a cevada (foto: Shizhao / wikimedia)
Originária das alturas dos Andes e conservada por quechuas e aymarás, com suas 3.120 variedades. Após a invasão espanhola, os alimentos autóctones, como a quinoa, o amaranto e a maca, caíram paulatinamente em desuso e foram substituídos pelos grãos consumidos na Europa, como o trigo e a cevada (foto: Shizhao / wikimedia)

Vamos conversar um pouco sobre a quinoa, de onde ela vem e quais são os componentes nutritivos que ela pode oferecer para o nosso corpo. Com certeza você já deve ter ouvido falar ou até mesmo experimentado a quinoa, mas talvez não saiba sobre seu poder nutritivo.

A quinoa é um grão que se originou na América do Sul e desde então passou a ser cultivada por muitos e muitos anos. Ela é famosa por apresentar um grande potencial nutritivo, já que possui os aminoácidos essenciais, sendo: triptofano, fenilalanina, leucina, histidina, isoleucina, lisina e metionina, isso a torna rica em proteína. Ela pode ser encontrada em três cores: Vermelha, preta ou branca.

Nela podemos encontrar além dos aminoácidos essenciais, fibras alimentares, magnésio, vitaminas do tipo B e E onde engloba, ferro, fósforo, potássio, cálcio e também um grande potencial de antioxidantes, que é importantíssimo para o funcionamento do nosso organismo.

Alguns grãos inteiros de quinua (Bob's Red Mill, organic product.)
Alguns grãos inteiros de quinua (Bob’s Red Mill, organic product.)

A quinoa além de ser cozida, pode ser ingerida em outras fases de seu cultivo, como a sua própria folha. Além disso, é possível obter diversificações com a mesma em relação a preparar bebidas e alimentos de muitos tipos.
As proteínas

Para entender melhor como a quinoa funciona no nosso corpo, vamos falar um pouco sobre as proteínas.

Elas são compostas por pequenas moléculas chamadas aminoácidos e cada um deles tem em sua composição carboxila e amina que estão conectadas em um átomo de carbono, e dentro do mesmo ainda estão ligadas moléculas de hidrogênio e um radical.

No total, existem 20 tipos de aminoácidos. Para ficar mais fácil de entender, vamos imaginar que um trem é uma proteína, e os seus vagões são diferentes aminoácidos, então o conjunto dos mesmo acabou formando apenas um produto.

As principais funções das proteínas são: Função estrutural em todos os seres vivos como o colágeno e queratina; Catalisadoras; Ajudam na contração muscular, na proteção do organismo, possuem a função de pigmentação e atuam no transporte de gases do nosso corpo. Além disso elas também estão presentes em alguns hormônios como a insulina, FSH e LH.

Feijão X Quinoa

A quinoa, apesar de possui diversos lugares de cultivo, não são em todos os locais do mundo que podemos encontrar o mesmo, devido a isso, existem diversos lugares que participam do cultivo do feijão, que também é muito nutritivo e pode ser comido em diversas fases, como a folha, antes de colher e cozido.

Atualmente, existem diversos testes em diferentes lugares do mundo onde as variedades da quinoa podem facilmente ser cultivada além do feijão. Ela pode servir como um complemento ou como a própria cultura de cultivo nutritivo para as pessoas que vivem em situações mais precárias.

Benefícios da Quinoa

Quinoa (Kurt Stueber / Wikimedi)
Quinoa (Kurt Stueber / Wikimedi)

A quinoa é rica em antioxidantes, possui diversas propriedades nutricionais que podem ajudar a combater a fome crônica em diversos lugares do mundo, ela é a fonte de cálcio, controla o apetite e ajuda em algumas doenças crônicas como a diabetes.

Além desses, muitos outros benefícios que citamos acima juntamente com a sua variedade de cultura. Portanto ela é um alimento extremamente importante que pode ajudar no combate a fome crônica nos países com situações mais precárias.

Muitos estudos estão se diversificando para comprovar mais ainda sobre as variedades e diversas receitas que a quinoa pode proporcionar. Um alimento desse além de gostoso acaba tendo um grande impacto nutritivo no nosso corpo.

A história e a receita do bolo de milho
Como falamos acima, suas variedades mais adquiridas no mercado são os 5 tipos, dentado, verde, doce, mole, duro e de pipoca. Os mesmo ainda assim variam suas características,...
Conheça os tipos de milho para pipoca
Por último, temos o mais conhecido por nós, o milho verde ou doce, que geralmente é encontrado naquelas barraquinhas de praia. Esse tipo é um dos mais produzidos no Brasil,...
O que é o milho safrinha?
O milho safrinha tem esse nome porque ele tem sua definição em “sequeiro”, ou seja, ele acaba sendo cultivado após o período de safra, que geralmente dura em torno de 5...
Tudo sobre o milho e suas riquezas
Ele é consumido por nós e também pelos animais, assim, consegue suprir uma grande demanda nutricional, mas não para por aí! O milho além de servir como um alimento rico pra...
Variedades de milho no Brasil
Alguns grãos possuem características diferentes por terem diversos tipos de produção. Portanto pode-se perceber que os cultivos de grãos na cor laranja é a de maior...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...